Não se Lamente Pelo Passado, Mas Construa seu Presente

 

João sendo um empresário de sucesso, sempre quando chega ao escritório têm inúmeros contratos para assinar, decisões para tomar, reuniões, contatos com fornecedores e clientes. Na hora do almoço, ele foi para casa almoçar com a família. À tarde, tomou conhecimento que o faturamento do mês superou os objetivos. Conseguiu resolver tudo que estava agendado para aquele dia e depois foi dar uma palestra sobre liderança. 

Enquanto isso, no bairro mais pobre de outra capital, vive Manoel. Como fazia todas as sextas-feiras, foi para o bar jogar sinuca e beber. Já chegou lá nervoso, pois estava desempregado. Bebeu tanto que o dono do bar o expulsou de lá. Sentado na calçada, Manuel chorava e pensava no que havia se tornado sua vida quando seu único amigo apareceu para ajudá-lo. Diante dessa triste situação, o amigo perguntou a Manuel: o que fez você chegar até o fundo do poço desta Maneira?

Manuel respondeu: "A minha família. Meu pai foi um péssimo exemplo. Ele bebia, batia na minha mãe, não parava em emprego nenhum. Tínhamos uma vida miserável. Quando minha mãe morreu doente, por falta de condições, eu sai de casa. Eu tinha um irmão gêmeo que também saiu de casa no mesmo dia, mas foi para outro rumo, nunca mais o vi. Deve estar vivendo da mesma forma que eu. Com o pai que tive, eu só podia ter virado o que sou!" 

João ao terminar a palestra, um jovem ergueu o braço e perguntou: - O que mais contribuiu para o senhor se tornar este grande empresário?". João emocionado, respondeu: "A minha família. Meu pai bebia muito, vivia de¬sempregado, tínhamos uma vida miserável. Quando minha mãe morreu, eu sai de casa decidido que não seria aquela vida que queria para minha futura família. Eu tinha um irmão gêmeo, que também saiu de casa no mesmo dia, mas foi para um rumo diferente, nunca mais o vi. Deve estar vivendo desta mesma forma que eu!